Coronavírus

ASAE recebeu quase duas mil queixas em 14 dias relacionadas com Covid-19

ASAE recebeu quase duas mil queixas em 14 dias relacionadas com Covid-19

Consumidores e operadores económicos fizeram 1871 denúncias desde 12 de abril. ASAE já tem formulário específico para queixas relacionadas com Covid-19.

Entre os dias 12 a 26 de março, a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) recebeu um total de 1871 denúncias, a maioria das quais relacionadas com a pandemia do novo corona vírus. Em comunicado, o organismo destaca as "questões de alegada especulação de preços de bens necessários para a prevenção do Covid-19 (álcool, álcool-gel, desinfetantes), eventual açambarcamento de produtos, segurança alimentar, desobediência, saúde pública, entre outras".

Face as inúmeras denúncias, a ASAE disponibilizou um formulário próprio "para uma resposta mais célere e eficaz ao contributo dos cidadãos e operadores económicos". Este formulário para facilitar a comunicação de queixas e denúncias de factos ilícitos relacionados com a pandemia estará acessível através desta ligação. As denúncias que são da competência de outras entidades, serão a elas encaminhadas.

Ações inspetivas

A ASAE acrescenta que, desde o dia 12 de março, tem estado "em constante supervisão e vigilância do comportamento do mercado no que se referem a facto(s) eventualmente ilícito(s) relacionados com a pandemia do Covid".

"Quer em lojas físicas, quer em ambiente digital, a ASAE tem desencadeado, sempre que necessário, ações de inspeção para garantir que os produtos que estão no mercado cumprem os requisitos obrigatórios, garantindo a segurança dos consumidores e a concorrência leal entre operadores económicos", afirma o organismo.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG