Moita

Atacou agente da PSP à facada por não aceitar namoro com filha menor  

Atacou agente da PSP à facada por não aceitar namoro com filha menor  

Um agente da PSP com cerca de 30 anos foi atacado à facada enquanto estava num ginásio em Alhos Vedros, Moita. Foi surpreendido enquanto realizava o seu treino, agarrado pelas costas e golpeado no pescoço. ​​​​

A agressão ocorreu a 17 de setembro e o suspeito foi detido pela Polícia Judiciária de Setúbal. O agressor, homem com 45 anos, não aceitava a relação de namoro entre o agente da PSP e a filha, de 17 anos, e dirigiu-se de faca em punho ao ginásio que sabia que a vítima frequentava. No local, agarrou a vítima pelas costas e desferiu-lhe um golpe no pescoço, ao mesmo tempo que o ameaçava de morte. Depois colocou-se em fuga.

O golpe no pescoço da vítima não foi profundo e foi o próprio a dirigir-se ao hospital do Barreiro para ser assistido. Depois formalizou queixa.

O suspeito, sem antecedentes criminais, foi detido pela Polícia Judiciária de Setúbal e na quinta-feira, o Tribunal do Barreiro aplicou a medida de coação mais pesada, prisão preventiva. Está indiciado pelo crime de tentativa de homicídio qualificado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG