Exclusivo

Aumentam reclusos por violência doméstica e descem mortes e queixas

Aumentam reclusos por violência doméstica e descem mortes e queixas

Dez pessoas, incluindo uma criança, assassinadas em contexto de intimidade no primeiro semestre. Há mais 98 agressores presos do que no ano passado.

Desde o início do ano morreram dez pessoas em contexto de violência doméstica: sete mulheres, dois homens e uma criança. No segundo trimestre houve cinco vítimas mortais, menos duas do que as registadas em igual período no ano passado, revela o gabinete da ministra de Estado e da Presidência.

Segundo o relatório divulgado quarta-feira referente ao segundo trimestre de 2020, entre abril e junho foram registadas mais 570 queixas de violência doméstica do que no trimestre anterior. Porém, mesmo assim são menos 454 queixas (6,2%) do que as 7382 registadas no período homólogo de 2019.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG