Exclusivo

Autarca de Viseu investigado por ligações à corrupção no Turismo

Autarca de Viseu investigado por ligações à corrupção no Turismo

PJ suspeita que empresário do negócio de lojas interativas é testa de ferro de Almeida Henriques. Presidente diz-se "estupefacto e indignado".

A Polícia Judiciária (PJ) do Porto está a investigar eventuais ligações entre o empresário José Simões Agostinho, detido no processo por suspeitas de corrupção e viciação de contratos em torno do Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), e Almeida Henriques, ex-secretário de Estado da Economia e Desenvolvimento Regional até 2013 e atual presidente da Câmara de Viseu. Existem suspeitas de que pode ser Agostinho um testa de ferro ou sócio oculto do autarca.

Contactado pelo JN, Almeida Henriques diz-se "estupefacto e indignado", negando a veracidade da suspeita, assumindo, no entanto, que a PJ efetuou, em junho passado, uma busca ao seu computador, a fim de pesquisar informação sobre contratos relativos a turismo (ler texto ao lado). O autarca não foi constituído arguido.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG