Lisboa

Auxiliar de educação acusada de abuso sexual de criança

Auxiliar de educação acusada de abuso sexual de criança

O Ministério Público (MP) acusou uma mulher de 47 anos de cinco crimes de abuso sexual de criança. A arguida era auxiliar de educação no externato onde terá cometido os crimes.

Segundo o MP do Departamento Central de Investigação e Ação Penal de Lisboa, os abusos terão ocorrido entre junho e novembro de 2018, na zona de Lisboa.

Numa nota publicada na Internet, o MP informa que "requereu que, em caso de condenação, sejam aplicadas à arguida as penas acessórias de proibição de confiança de menores e inibição de responsabilidades parentais bem como a proibição de exercer profissão, emprego, funções ou atividades, públicas ou privadas, cujo exercício envolva contacto regular com menores, por um período a fixar entre cinco e vinte anos".

A investigação é dirigida pela 2ª secção do DIAP de Lisboa, coadjuvado pela Polícia Judiciária.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG