GNR

Baixas contra horários deixam patrulhamentos da A7 e A11 em risco

Baixas contra horários deixam patrulhamentos da A7 e A11 em risco

Comando garante que patrulhamento nas autoestradas (A7 e A11) não parou.

Seis militares da GNR que prestam serviço no Posto de Trânsito de Fafe meteram baixa médica, alegadamente em protesto contra a forma como foi aplicado o horário de referência de 40 horas, instituído no início do mês, e que está a gerar contestação um pouco por todo o dispositivo da Guarda.

No caso de Fafe, algumas fontes adiantaram ao JN que a situação das baixas, aliada às folga e férias de outros elementos, deixou aquela unidade de trânsito sem capacidade operacional, pondo mesmo em causa o patrulhamento de uma parte das autoestradas A7 e A11.

Leia mais na versão e-paper ou na edição impressa.

Outras Notícias