Premium

Bancário suspeito de desviar milhões de poupanças de idosos

Bancário suspeito de desviar milhões de poupanças de idosos

Caixa Agrícola diz que já apresentou queixa-crime contra funcionário de Carrazeda de Ansiães que prometia lucros com aplicações. Perdas podem ascender a milhões.

Dezenas de idosos, sobretudo ex-emigrantes, acreditaram em promessas de rendimentos elevados com aplicações e perderam boa parte das poupanças de uma vida de trabalho. Apontam o dedo a um funcionário da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo da Terra Quente (CCAM/TQ), com sede em Carrazeda de Ansiães.

O dinheiro terá desaparecido das contas dos depositantes ao longo de vários anos, mas só há cerca de um mês é que os idosos lesados começaram a aperceber-se da gravidade da situação. Víctor Gonçalves, administrador do banco, recusa-se a adiantar o montante desviado, mas poderão estar em causa milhões de euros.

Outras Notícias