Polémica

Bastonário dos Advogados fura regra e fica a ganhar mais 13 mil por ano

Bastonário dos Advogados fura regra e fica a ganhar mais 13 mil por ano

Remuneração de Guilherme Figueiredo deveria ser igual à da procuradora-geral da República mas ganha mais cerca de 13 mil euros do que Joana Marques Vidal.

O Conselho Geral da Ordem dos Advogados deliberou, em 12 de janeiro de 2017, que o atual bastonário teria uma remuneração de valor ilíquido "igual" à do cargo de procurador-geral da República", mas Guilherme Figueiredo ganha mais cerca de 13 mil euros do que Joana Marques Vidal. Um vogal do Conselho Geral, Silva Cordeiro, garante já ter denunciado a discrepância ao Conselho Fiscal da Ordem.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui