Justiça

BMW avaliado em um milhão de euros tinha sido levado em disputa de herdeiros

BMW avaliado em um milhão de euros tinha sido levado em disputa de herdeiros

O BMW de 1939, "avaliado em um milhão de euros", que foi dado como furtado na madrugada de sábado desapareceu de casa da proprietária em Geraz do Lima, Viana do Castelo, no âmbito de uma disputa entre herdeiros.

Uma filha da dona do carro de coleção denunciou o caso, apresentando queixa na GNR "por abuso de confiança", contra um irmão, por o ter levado sem autorização. A viatura foi dada como desaparecida, mas foi segunda-feira localizada em Telheiras, Lisboa, na casa do suspeito, segundo indicou fonte ligada ao processo.

O BMW 328 pertence à família do médico Lopo de Carvalho. Um dos filhos da proprietária, que tem 89 anos de idade, terá passado férias em casa da mãe e, quando regressou a Lisboa, levou a viatura. Ao apresentar denúncia, a irmã fê-lo com a ressalva de "não haver procedimento criminal".

O desaparecimento foi amplamente difundido nas redes sociais, incluindo pelo Automóvel Club de Portugal (ACP). O caso acabou por se resolver e a viatura regressar à procedência. Quando ao valor estimado do BMW, a mesma fonte referiu: "Um milhão de euros é o valor que o carro pode atingir num leilão".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG