Mértola

"Burlão do amor" jogou à roleta russa com mulher

"Burlão do amor" jogou à roleta russa com mulher

Ex-comando e membro da Legião Francesa volta esta quarta-feira a tribunal.

O homem detido na segunda-feira por suspeita de burla e violência doméstica sobre várias mulheres, que as seduzia com promessas de uma vida a dois, é um ex-comando e ex-membro da Legião Francesa. O suspeito, que esta terça-feira foi presente ao Tribunal de Beja, mas só esta quarta-feira vai conhecer as medidas de coação, chegou a jogar a "roleta russa" com uma das vítimas.

Paulo Alexandre Santos, de 55 anos, levou ao engano, pelo menos, três mulheres, que terão perdido bens e sido violentadas. Uma delas foi uma francesa, que terá vivido com ele entre setembro de 2017 e maio de 2018. Foi com esta, também, com quem o suspeito terá chegado a fazer o jogo da "roleta russa" - com uma bala apenas no tambor de uma pistola. De resto, terá sido a queixa desta mulher, no posto da GNR de Mértola, a desencadear a investigação do caso, primeiro apenas por violência doméstica, que depois transitaria para a PJ.

O suspeito, que terá estado em Angola ao serviço da Legião Francesa, passava muito tempo com as mulheres no monte José das Neves, em Santana de Cambas, Mértola, adquirido pela cidadã francesa. Na segunda-feira, foi ali detido, numa operação chamada "Amores imperfeitos", que incluiu buscas, também, numa casa dos pais no Estoril. Foram-lhe apreendidas duas armas de fogo, armas brancas, três cartas de condução falsas, três viaturas (duas delas de alta cilindrada), e uma elevada quantia em dinheiro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG