PSP

Burlão que vendia carros nas redes sociais detido em Gaia

Burlão que vendia carros nas redes sociais detido em Gaia

A PSP deteve um homem, sem atividade profissional conhecida e morada fixa, suspeito da prática de mais de 40 burlas e falsificação de documentos pelo país, sobretudo no Norte, entre 2018 e 2021.

Em comunicado, a PSP adiantou que o suspeito, de 40 anos, foi detido na terça-feira, pelas 15 horas, em Vila Nova de Gaia, na sequência da execução de um mandado de detenção.

O suspeito realizaria as alegadas burlas através da compra e venda de automóveis nas redes sociais, explicou a força policial.

PUB

Mediante a realização de "transferências bancárias fictícias", criava a convicção nas vítimas do pagamento dos valores de compra acordados e, posteriormente, procedia à venda das referidas viaturas.

Em resultado das presumíveis práticas ilícitas, o alegado burlão terá causado prejuízos superiores a 180 mil euros.

No decurso das diligências de investigação, a PSP procedeu à recuperação de quatro automóveis que ainda não haviam sido "legalizados" pelos novos "proprietários", salientou.

O detido, que é hoje presente junto das autoridades judiciárias, esteve durante "um largo período de tempo" fora do território nacional.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG