O Jogo ao Vivo

GNR

Burlões levam ouro a três idosos de Guimarães

Burlões levam ouro a três idosos de Guimarães

A GNR de Guimarães está a investigar dois roubos ocorridos esta segunda-feira à tarde em duas freguesias de Guimarães. Três idosos ficaram sem peças de ouro avaliadas em mais de 2500 euros.

O primeiro caso aconteceu na vila de Brito, pelas 13 horas, quando uma mulher de 85 anos abriu a porta a um homem que se fez passar por empresário ligado ao ramo da ourivesaria que queria copiar o modelo de peças de ouro. Para isso, precisava de ver peças de ouro originais que a idosa tivesse em casa.

Logo que a mulher lhe entregou uma pulseira e dois anéis, o ladrão fugiu e nunca mais foi visto. As joias entregues estavam avaliadas em mais de 1500 euros.

A menos de cinco quilómetros de Brito, em Candoso São Martinho, cerca de 15 minutos depois, um casal de idosos foi abordado por um homem e uma mulher que fingiram ser conhecidos da família. Pediram para ver peças de ouro ligadas à família e fugiram quando os idosos lhes passaram para a mão várias peças de ouro avaliadas num total de cerca de mil euros.

Nesta habitação, os ladrões não conseguiram levar todas as peças que lhes foram passadas, mas ainda conseguiram fugir com dois anéis, uma aliança e dois fios. Os casos foram comunicados à GNR de Guimarães, que está a investigar, havendo fortes suspeitas de que os roubos tenham sido perpetrados pelas mesmas pessoas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG