Premium

Cabeleireira de famosos suspeita de desviar milhões

Cabeleireira de famosos suspeita de desviar milhões

Autoridade Tributária e PSP fizeram buscas nas lojas e casas da empresária Inês Pereira. Fisco investiga fraude com impostos envolvendo sociedade offshore.

A Autoridade Tributária efetuou, ontem, buscas em várias instalações do grupo de cabeleireiros Inês Pereira, com sede no Porto, suspeito de fraude fiscal e branqueamento de capitais. Acompanhadas do início ao fim por agentes da PSP do Porto, as buscas foram motivadas por suspeitas da existência de uma contabilidade paralela que poderá ter lesado o Estado em milhões de euros, envolvendo uma sociedade offshore.

De acordo com informações recolhidas pelo JN junto de fontes judiciais, o inquérito da Direção de Finanças do Porto, dirigido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) do Porto, visa a cadeia de cabeleireiros Inês Pereira, que possui várias lojas na zona do Grande Porto e é conhecida por atender figuras do jet set. O grupo tem cerca de 100 colaboradores e 20 mil clientes.