Exclusivo

Câmara de Sintra rejeita investigação do MAI à Polícia Municipal

Câmara de Sintra rejeita investigação do MAI à Polícia Municipal

A Câmara de Sintra chumbou esta quinta-feira a proposta do PSD e do CDS que pedia ao ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, a abertura de uma investigação à Polícia Municipal (PM). Na reunião pública de executivo, apenas os partidos que a propuseram votaram favoravelmente o documento, que teve os votos contra do PS e da CDU e a abstenção do Chega.

Em causa, segundo a proposta, estava a "alegada fabricação e adulteração de provas" na PM, sob a alçada do major da GNR Manuel Lage, atual comandante e diretor do Departamento de Polícia e Fiscalização do município, cuja conduta tem sido criticada nos últimos meses.

Para o PSD e o CDS, tais factos deveriam ser investigados, uma vez que constituíam "um claro desprestígio para os serviços municipais e para a credibilidade" da PM de Sintra. No entanto, tais argumentos não foram suficientes para convencer os eleitos do PS e da CDU, que votaram desfavoravelmente a proposta. Já Nuno Afonso, do Chega, absteve-se.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG