Exclusivo

Caso Selminho: os três pontos-chave que o tribunal deu como não provados

Caso Selminho: os três pontos-chave que o tribunal deu como não provados

Rui Moreira, presidente da Câmara do Porto, foi na sexta-feira absolvido do crime pelo qual vinha acusado. Saiba aqui quais são os três pontos chave da acusação que o tribunal considerou não terem ficado provados em julgamento.

O autarca, agora absolvido, vinha acusado de um crime de prevaricação, em concurso aparente com um crime de abuso de poder. O Ministério Público havia pedido a sua condenação a uma pena suspensa e a consequente perda de mandato por considerar que favorecera a imobiliária da família em detrimento dos interesses do Município. Foi ilibado por "manifesta falta de provas".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG