Exclusivo

Castigo de 150 dias para polícias do Corpo de Intervenção

Castigo de 150 dias para polícias do Corpo de Intervenção

Os 21 agentes foram suspensos, por terem recusado ordem. Ministro da Administração Interna ratificou decisão do anterior diretor nacional da PSP.

Vinte e um agentes de um pelotão do Corpo de Intervenção (CI) da PSP foram castigados com 150 e 180 dias de suspensão. A sanção foi aplicada pela direção nacional da PSP ainda liderada pelo superintendente-chefe Luís Farinha e ratificada, agora, pelo ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

Os polícias não cumpriram uma ordem, alegando que não fazia parte das suas funções integrar o dispositivo de segurança, pago pela entidade organizadora, montado para o interior do Estádio Cidade de Barcelos, onde Gil Vicente recebeu o F. C. Porto, em agosto de 2017.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG