Ministério Público

Christian Brueckner constituído arguido no desaparecimento de Maddie

Christian Brueckner constituído arguido no desaparecimento de Maddie

O alemão Christian Brueckner foi constituído arguido pela Comarca de Faro do Ministério Público no caso do desaparecimento de Madeleine McCann, em 2007, na praia da Luz, no Algarve.

O homem está a cumprir pena de prisão na Alemanha por um crime de natureza sexual e tem sido apontado pelas autoridades germânicas como suspeito do desaparecimento de Madeleine.

PUB

O JN sabe que a constituição de arguido era fundamental para que a investigação prosseguisse, uma vez que o inquérito iria prescrever no próximo mês de maio, altura em que se cumprem 15 anos do desaparecimento da criança.

"O arguido foi constituído pelas autoridades alemãs em execução de um pedido de cooperação judiciária internacional emitido pelo Ministério Público de Portugal", pode ler-se numa nota divulgada pelo Ministério Público.

O inquérito é dirigido pela secção de Portimão do Departamento de Investigação e Ação Penal de Faro com a coadjuvação da Polícia Judiciária.

A investigação tem sido desenvolvida em cooperação com as autoridades inglesas e alemãs.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG