Justiça

Cinco acusados de roubos por esticão em Famalicão e Barcelos

Cinco acusados de roubos por esticão em Famalicão e Barcelos

O Ministério Público acusou quatro mulheres e um homem por roubos por esticão e furtos qualificados a idosas em freguesias dos concelhos de Famalicão e Barcelos, em agosto e setembro do ano passado.

Segundo a acusação, os arguidos escolhiam as vítimas, mulheres idosas que tivessem objetos em ouro ou que se assemelhassem a tal, e aproximavam-se delas simulando uma conversa normal para as roubar por esticão.

No concelho de Famalicão, o arguido, juntamente com uma ou mais arguidas ou outras pessoas que não foi possível identificar, está acusado de roubar um fio de metal a uma idosa no dia 14 de agosto de 2019, em Outiz, e, no dia 20, assaltou uma idosa em Landim, subtraindo lhe um fio em ouro no valor de 1000 euros.

Já em Barcelos, terá roubado um fio em ouro no valor de 5000 euros em Grimancelos, no dia 20 de agosto do ano passado, e no dia 16 de setembro, em Remelhe roubou uma aliança e um anel em ouro, no valor de 400 euros.

O Ministério Público acusou ainda, o arguido e duas das arguidas de assaltarem uma casa no dia 5 de setembro em Roriz, no concelho de Barcelos, de onde levaram uma bolsa de senhora com 230 euros, dois cartões de débito que usaram para levantar 400 euros, e fazer uma transferência de 1500 euros.

Assim, o arguido está acusado de cinco crimes de roubo, dos quais três qualificados, e de um crime de furto qualificado. Aguarda julgamento em prisão preventiva. As restantes arguidas estão acusadas de crimes de roubo, roubo qualificado e furto qualificado.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG