SEF

Cinco detidos por suspeita de falsificação de documentos e auxílio à imigração ilegal

Cinco detidos por suspeita de falsificação de documentos e auxílio à imigração ilegal

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve, nas últimas 24 horas, nos aeroportos de Lisboa, do Porto e de Faro, cinco cidadãos estrangeiros por indícios da prática do crime de falsificação de documentos e de auxílio à imigração ilegal.

O SEF adianta, em comunicado divulgado esta quinta-feira, que quatro dos detidos, todos da mesma nacionalidade e com destino à Irlanda, apresentaram no controlo de saída de território nacional "documentos de identificação italianos com fortes indícios de contrafação".

O quinto detido era uma cidadã europeia de 42 anos que se encontrava na posse do verdadeiro passaporte de um dos outros quatro, o qual havia apresentado aos Inspetores do SEF um passaporte italiano com fortes dúvidas quanto à sua autenticidade.

PUB

"Obtida informação junto da Direção Central de Investigação do SEF, constatou-se existirem indícios evidentes da prática do crime de auxílio à imigração ilegal", esclarece a nota, acrescentando que "todos os detidos serão presentes à autoridade judicial competente, para aplicação das medidas de coação".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG