Premium

Cinco militares da GNR julgados por sequestro e agressão

Cinco militares da GNR julgados por sequestro e agressão

Imigrantes indianos queixaram-se de agressões e invasão de domicílio, numa operação policial ilícita em Odemira.

Cinco militares da GNR de Odemira vão ser julgados no Tribunal de Beja, acusados de sequestro, ofensas corporais, violação de domicílio e falsificação de documentos. Os queixosos são imigrantes indianos que denunciaram uma intervenção policial ilegítima, no fim de setembro de 2018.

O caso teve origem num jantar a 30 de setembro de 2018, num restaurante de Almograve (Odemira), que juntou 25 trabalhadores agrícolas indianos. O "patrocinador" do repasto era um homem, segundo a acusação do Ministério Público (MP), "conotado pelas autoridades policiais com tráfico de seres humanos para exploração laboral".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG