Premium

Clubes suspeitos de burlas com subsídios de viagens

Clubes suspeitos de burlas com subsídios de viagens

PJ deteve líder do Terceira Basket (Açores) e empresário por lesarem Estado em meio milhão de euros. Esquema será alargado a mais clientes de agência de viagens, incluindo o Santa Clara.

A Polícia Judiciária deteve o presidente do Terceira Basket Club (TBC), da principal Liga de basquetebol, e um empresário de viagens, por suspeitas de burla com o subsídio social de mobilidade em vigor nos Açores que pode ter lesado o Estado em quase meio milhão de euros desde 2016. Mas a investigação está a alargar-se a outros clubes açorianos com relações com a mesma agência de viagens, em particular o Santa Clara, da Primeira Liga de futebol, para apurar se também se vêm financiando através da verba consagrada no Orçamento do Estado para subsidiar viagens dos residentes nas ilhas ao continente.

A investigação da PJ de Ponta Delgada foi desencadeada por uma denúncia anónima que apontou para a equipa profissional do TBC, que está no sétimo lugar da Liga de Basquetebol, e ainda em outubro viajou até ao continente para derrotar o F. C. Porto.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG