Investigação

Cocaína escondida em caixas de bananas apreendida em armazém do norte

Cocaína escondida em caixas de bananas apreendida em armazém do norte

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou, esta quarta-feira, a apreensão, nos primeiros dias de 2020, de cerca de 825 quilogramas de cocaína num armazém localizado na região Norte do país. A droga, proveniente da América Latina, estava dissimulada em caixas de banana.

Tudo aponta, para já, que nem o proprietário nem os funcionários do armazém soubessem do carregamento de cocaína ali armazenado, adiantou, em conferência de imprensa na sede da PJ, em Lisboa, o diretor da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes (UNCTE) da instituição, Artur Vaz.

Segundo a mesma fonte, a cocaína terá entrado em Portugal por via marítima, através do porto de Setúbal, seguindo depois para Norte. Dada a quantidade de droga em causa - suficiente para milhões de doses -, o seu destino final não seria o território nacional.

A operação, liderada pela UNCTE e pela Diretoria do Norte da PJ e realizada nos primeiros dias deste ano, foi desencadeada no âmbito da cooperação internacional. Não há, até ao momento, qualquer suspeito detido. A investigação vai agora prosseguir.

De acordo com Artur Vaz, em 2019 foram apreendidas cerca de dez toneladas de cocaína em Portugal. O número representa um recorde face ao ano anterior, quando foram apreendidas 5,5 toneladas de cocaína. Em 2017, tinham sido menos de três.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG