Crime

Concursos públicos com obras terminadas levam autarcas a tribunal

Concursos públicos com obras terminadas levam autarcas a tribunal

Ex-presidente, ex-vereadores, funcionários e empreiteiros da Trofa acusados por crimes de abuso de poder e de falsificação de documentos.

Por um total de oito obras municipais na Trofa cujos concursos públicos foram efetuados já depois de concluídas as empreitadas, o Ministério Público obriga 11 pessoas a sentar-se no banco dos arguidos. São eles o ex-presidente Bernardino Vasconcelos, os ex-vereadores António Pontes, Jaime Moreira e João Sá, três funcionários da Câmara da Trofa e quatro empreiteiros, acusados de abuso de poderes e falsificação de documentos.

Leia mais na versão e-paper ou na edição impressa.