Sesimbra

Condenado a 17 anos de prisão por matar jovem de 18 anos à pancada

Condenado a 17 anos de prisão por matar jovem de 18 anos à pancada

Nuno Calçada foi condenado a 17 anos de cadeia pela morte de Bruno Rodrigues, em novembro de 2016. Crime "motivado por violência gratuita", segundo a juíza.

Bruno Rodrigues tinha 18 anos quando foi morto à pancada, em novembro de 2016. O corpo foi encontrado num terreno junto à Quinta do Conde, em Sesimbra. Esta segunda-feira, o tribunal de Setúbal deu como provado que o autor do crime foi Nuno Calçada, que na altura tinha 19 anos.

Um outro arguido, Armando Salles, foi absolvido. Segundo o coletivo de juízes do tribunal de Setúbal, o envolvimento deste segundo jovem nas agressões que levaram à morte de Bruno Rodrigues "foi fabricado" por Nuno Calçada. "Não há como provar que tenha estado no local do crime", disse a juíza presidente do julgamento.

PUB

Segundo o Tribunal de Setúbal, também não foi provada uma alegada dívida, por compra de haxixe, da vítima ao agressor. Assim, foi "um crime motivado por violência gratuita", concluiu a juíza.

Calçada foi ainda condenado a pagar 135 mil euros de indemnização aos pais da vítima, por danos morais e pelo sofrimento causado à vítima e aos pais.

Armando Salles foi condenado a dois anos e 10 meses de cadeia, com pena suspensa, por posse de arma proibida e ameaça agravada contra autoridade, em dezembro de 2016, quando foi detido pela GNR numas bombas de gasolina em Azeitão, depois de exibir uma arma.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG