Moita

Condenado a prisão por esfaquear rival no olho por roubo de bicicleta 

Condenado a prisão por esfaquear rival no olho por roubo de bicicleta 

O Tribunal de Almada condenou um homem de 56 anos a dez anos de prisão por ter esfaqueado quase mortalmente o rival que acusava de lhe ter roubado a bicicleta na Moita, em 2019. A vítima, da mesma idade, foi golpeada no olho esquerdo e no torax várias vezes. Não morreu graças à rápida intervenção de uma testemunha que passava no local e dos bombeiros.

O crime ocorreu em julho de 2019 e o agressor fugiu do local do crime, tendo sido detido pela Polícia Judiciária de Setúbal dois meses depois. Agressor e vítima tinham um historial de desaguisados entre si no café que ambos frequentavam, na localidade de Alhos Vedros, concelho da Moita.

Em julho, perante o furto da sua bicicleta, o agressor presumiu que seria o rival o autor do furto e confrontou-o. A vítima negou ser o autor do furto e foi golpeada com uma faca na cara e tórax.

O agressor fugiu, deixou a vítima a sangrar no chão, mas uma testemunha que circulava no local dos confrontos prestou socorro, tendo alertado os bombeiros que transportaram a homem para o hospital, onde chegou a correr perigo de vida. O suspeito foi detido em outubro e ficou em prisão preventiva.

O Tribunal de Almada condenou-o agora a dez anos de prisão pela prática de um crime de homicídio qualificado na forma tentada. O arguido terá ainda que pagar as contas de tratamento no hospital da vítima, que ascendem a 30 mil euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG