Tribunal

Condenado dono de stand que forneceu carro a Angélico Vieira

Condenado dono de stand que forneceu carro a Angélico Vieira

Augusto Fernandes, dono do stand Auguscar, e a ex-mulher, Sónia Oliveira foram, esta sexta-feira, condenados a dois anos de prisão, com pena suspensa.

O tribunal deu como provado que os dois arguidos, Augusto Fernandes e Sónia Oliveira, falsificaram a assinatura do cantor Angélico Vieira para simular a venda do BMW em que ele seguia e que se despistou, em 2011, em Estarreja, matando o artista e um passageiro.

O objetivo era, de acordo com o Tribunal,"eximirem-se à responsabilização cível" pelo acidente uma vez que, sublinhe-se, o carro não possuía seguro válido.

Outras Notícias