Crime

Corpo desmembrado em Sagres e Tavira. Duas mulheres foram detidas

Corpo desmembrado em Sagres e Tavira. Duas mulheres foram detidas

Duas mulheres foram detidas por crimes de homicídio qualificado e de profanação de cadáver. Vítima é um português de 21 anos, cujo corpo foi desmembrado e encontrado em Sagres e Tavira.

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Sul e do DIC de Portimão, anunciou esta quinta-feira a detenção de duas mulheres, 19 e 23 anos, pela presumível autoria de um crime de homicídio qualificado e de um crime de profanação de cadáver.

O JN soube que a motivação do homicídio foi o roubo.

Os crimes ocorreram entre os dias 20 a 25 de março de 2020 e a vítima é um cidadão português, de 21 anos, residente no Algarve. Diogo Gonçalves estava desaparecido desde dia 18. O corpo foi desmembrado, tendo partes do corpo sido encontradas em Sagres e em Tavira, a 26 de março.

Desde então, "a investigação desenvolvida ininterruptamente" permitiu à PJ "a recolha de relevantes elementos indiciários, tendo culminado na identificação e detenção das presumíveis autoras" esta quinta-feira.

As detidas, residentes no Algarve, social e familiarmente inseridas e sem antecedentes criminais, segundo a PJ, vão ser apresentadas a interrogatório Judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG