Exclusivo

Corrupção para favorecer Sporting vai a julgamento

Corrupção para favorecer Sporting vai a julgamento

Juiz de instrução valida acusação do Ministério Publico a três pessoas, incluindo um empresário e um funcionário do Sporting, por suspeita de suborno de um futebolista do Chaves e dois árbitros de andebol para beneficiar as equipas leoninas.

O Tribunal de Instrução Criminal do Porto considerou que existem indícios suficientes para pronunciar (enviar para julgamento) Paulo Silva por três crimes de corrupção ativa e o empresário João Mira Gonçalves e o funcionário do Sporting Gonçalo Rodrigues por um crime de corrupção ativa agravada.

Abordaram dois árbitros e um jogador

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG