Açores

Cortou pulseira eletrónica enquanto aguardava julgamento por 21 assaltos

Cortou pulseira eletrónica enquanto aguardava julgamento por 21 assaltos

PSP deteve na Lagoa, Açores, uma jovem que se encontrava fugida há sete dias, após ter cortado a pulseira eletrónica que a obrigava a permanecer em casa. A mulher aguardava julgamento por suspeitas de que tenha efetuado 21 assaltos.

Após o alerta de que a mulher, de 19 anos, havia fugido após ter cortado a pulseira eletrónica que lhe tinha sido colocada, a Brigada de Investigação Criminal de Lagoa, um concelho da ilha de São Miguel, em coordenação com outros meios da PSP, desenvolveu diversas diligências que permitiram localizar e deter a evadida.

Foi montada uma operação policial "em pleno centro de Lagoa, que culminou com a execução de uma busca domiciliária, onde os investigadores da PSP localizaram e intercetaram a evadida, no exato momento em que se escondia no interior de uma moradia, próxima do Porto dos Carneiros, depois de ter estado em fuga durante cerca de sete dias", referiu, esta quinta-feira, a PSP.

"A detida que, para além do crime de evasão, está também fortemente indiciada na prática de 21 crimes de furto, foi presente à Autoridade Judiciária competente sendo-lhe aplicada a medida de coação mais gravosa, a prisão preventiva", concluiu a PSP.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG