Tiros

Cronologia de incidentes com armas de fogo e agentes da PSP

Cronologia de incidentes com armas de fogo e agentes da PSP

A morte de uma jovem de 23 anos durante um assalto em São João da Madeira é o primeiro óbito ocorrido em ações da PSP desde 2017.

Nos últimos anos, por várias vezes os agentes da PSP dispararam a arma de serviço durante ações policiais, mas há quase três anos que não era registado qualquer óbito em ações da Polícia de Segurança Pública. O JN fez uma breve cronologia de incidentes com armas de fogo envolvendo polícias.

24 de setembro de 2020

Uma jovem de 23 anos morre no hospital após disparos de tiros numa ação da PSP para a impedir de assaltar uma viatura, na companhia de um cúmplice, em São João da Madeira.

3 de agosto de 2020

PUB

Agentes da PSP usaram uma "shotgun" para efetuar um disparo de aviso e, dessa forma, dispersar um grupo que estava a dificultar a concretização de uma detenção, no bairro Casal da Mira, na Amadora

22 de novembro de 2019

Um jovem de Famalicão sofreu ferimentos graves depois de ter sido baleado pela PSP em Gaia, após perseguição. O homem, de 25 anos, era suspeito do assalto a um estabelecimento em Vale São Martinho, em Famalicão, tendo antes sido perseguido pelo comerciante lesado.

15 de novembro de 2017

Uma mulher morreu atingida por um disparo acidental de um agente da PSP, na sequência de um tiroteio entre a polícia e assaltantes, após um roubo a uma caixa multibanco no Pragal.

29 de dezembro de 2017

Um dos suspeitos do assalto a uma carrinha de transporte de valores morreu no Hospital São Francisco Xavier, em Lisboa, após ter sido baleado pela PSP na cabeça durante uma perseguição.

7 de setembro de 2016

Um homem que agrediu um agente da PSP com um machado e uma faca foi morto a tiro pela Polícia, na manhã desta quarta-feira, no Vale da Amoreira, na Moita.

30 de agosto de 2016

Um jovem de 16 anos, de alcunha "Pika" morreu após ter sido atingido a tiro na cabeça pela PSP, na Rua das Águas Férreas, no Porto. O incidente ocorreu quando os agentes abordaram quatro suspeitos que seguiam num carro roubado em Braga e que nessa noite teriam assaltado um estabelecimento em Gondomar.

5 de dezembro de 2016

Um homem, de 43 anos, foi baleado pela PSP numa perna em Corroios, no Seixal, depois de avançar com uma faca em direção aos agentes. O homem estaria a insultar e ameaçar diversas pessoas.

27 de dezembro de 2016

Um homem foi baleado em Santa Cruz do Bispo, Matosinhos, após ter agredido à pedrada os agentes que o tentavam deter. O indivíduo, acompanhado de outros dois, havia tentado assaltar o cofre de uma estação de metro.

31 de janeiro de 2015

Um homem foi atingido a tiro durante uma perseguição da PSP, após um assalto a um café de Leça do Balio, Matosinhos.

4 de janeiro de 2013

Um homem de 42 anos foi baleado pela PSP junto ao Forte de S. João, em Vila do Conde, e acabou por morrer. Seguia num automóvel com mais dois amigos quando foi intercetado por um carro patrulha após um alerta de que estariam a preparar-se para assaltar uma residência. Um agente da Polícia foi atropelado e ficou ferido

31 de janeiro de 2011

Um homem que circulava numa viatura furtada morreu baleado pela PSP durante uma perseguição policial na Azinhaga da Cidade, em Telheiras, Lisboa.

15 de março de 2010

O "rapper" português Nuno Rodrigues morreu baleado por um agente da PSP, após uma perseguição automóvel, em Lisboa. Conhecido como MC Snake, terá desobedecido aos sinais de paragem da PSP e foi perseguido desde a Doca de Santo Amaro até à Radial de Benfica, em Lisboa. A família do músico disse que a bala que matou Nuno Rodrigues perfurou a traseira do carro, atravessou dois bancos e atingiu o condutor nas costas.

Outras Notícias