Premium

Darknet: uma espécie de OLX para vender drogas, armas e pedofilia

Darknet: uma espécie de OLX para vender drogas, armas e pedofilia

Polícias estão cada vez mais atentas a Internet oculta e anónima que é um paraíso para criminosos.

"Imagine o site OLX [usado para a compra e venda de todo o tipo de produtos legais], mas o que está lá à venda é cocaína, armas, notas falsas ou bases de dados de cartões de crédito." É desta forma que o inspetor da Polícia Judiciária (PJ) Ricardo Vieira, especialista em combate ao cibercrime, descreve a darknet, um espaço virtual repleto de bandidos, de "acesso demasiado fácil" e de controlo complexo, se não impossível.

Só em julho e a partir de Portugal foram feitas, usando o Tor, o mais famoso dos vários navegadores e redes existentes, 3600 ligações por dia a esta internet alternativa, anónima e sem rasto. Nem todas foram criminosas, mas muitas tiveram o único e exclusivo intuito de cometer ilegalidades.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG