Inquérito

Demitidos cinco comandantes do Exército após furtos em Tancos

Demitidos cinco comandantes do Exército após furtos em Tancos

O chefe do Estado-Maior do Exército, Rovisco Duarte, anunciou este sábado que demitiu cinco comandantes de unidades do ramo para não interferirem com os processos de averiguações.

"Não quero que haja entraves às averiguações e decidi exonerar os cinco comandantes das unidades que de alguma forma estão relacionadas com estes processos", anunciou Rovisco Duarte, em declarações à RTP.

Os militares exonerados são o comandante da Unidade de Apoio da Brigada de Reação Rápida, o comandante do Regimento de Infantaria 15, o comandante do Regimento de Paraquedistas, o comandante do Regimento de Engenharia 1 e o comandante da Unidade de Apoio de Material do Exército.

Rovisco Duarte disse que decidiu exonerar estes comandantes "por uma questão de clareza e para não interferirem com o processo de averiguações até se esclarecer".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG