Mirandela

Resgatado corpo de homem que estava a pescar no rio Tua, PJ investiga

Resgatado corpo de homem que estava a pescar no rio Tua, PJ investiga

Ainda são desconhecidos os contornos da morte. No local onde se encontrava a pescar há vestígios de sangue. Autoridades colocam dois cenários possíveis: homicídio ou incidente. PJ está a investigar.

Passavam quinze minutos da meia-noite quando uma equipa de mergulhadores dos bombeiros voluntários de Mirandela resgatou o corpo de um homem de 32 anos das águas do rio Tua, na aldeia de Valverde da Gestosa, próximo do local onde esteve à pesca, no domingo à tarde.

Não são ainda conhecidas as circunstâncias em que ocorreu a morte. Sabe-se apenas que no local onde se encontrava a pescar, conhecido como a zona da "fraga velha", a mais de dois quilómetros da aldeia, "há vestígios de sangue no chão, uma cana de pesca e uma mochila, pertencente ao homem" resgatado, revela fonte da GNR.

Incidente ou homicídio são as duas possibilidades em aberto, pelo que também a polícia judiciária já está a proceder à investigação.

Cerca das 19.20 horas, foi dado o alerta para este caso e para o local foram acionados 14 bombeiros voluntários de Mirandela, com o apoio de seis viaturas e ainda seis militares da GNR.

Ainda chegaram a efetuar buscas nas margens do rio, durante cerca de duas horas, até perto das 22.30 horas, mas a chuva e a fraca visibilidade acabaram por ditar a suspensão das buscas.

Entretanto, uma equipa da GNR de Mirandela permaneceu no local para preservar os elementos de prova e, poucos minutos depois da suspensão das buscas, acabou por visualizar na água o que parecia ser uma peça de vestuário.

PUB

A equipa de mergulhadores dos bombeiros procedeu ao resgate do corpo do agricultor de 32 anos, residente em Valverde da Gestosa.

O cadáver foi transportado para a morgue do hospital de Mirandela onde será sujeito a autópsia, cujo resultado será fundamental para a investigação que a PJ já está a conduzir.

Outras Notícias