Atualização

Desentendimento de trânsito esteve na origem de morte à facada na Amadora

Desentendimento de trânsito esteve na origem de morte à facada na Amadora

O homem de 26 anos que morreu no hospital de Santa Maria, sábado à noite, foi esfaqueado na sequência de um desentendimento relacionado com o trânsito na Cova da Moura, Amadora, tendo acabado por morrer no hospital, disse, este domingo, fonte da PSP.

O caso reporta-se às 21.30 horas de sábado, hora em que foi dado o alerta, e começou com "desacatos por causa de uma situação de trânsito no bairro da Cova da Moura", no distrito de Lisboa, contou a mesma fonte, este domingo.

A vítima desentendeu-se com três pessoas, uma das quais acabou por desferir uma facada que lhe perfurou o lado esquerdo do peito, adiantou, afirmando que algumas pessoas estariam alcoolizadas.

O homem foi conduzido pelo Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, por volta das 22.40 horas, "muito debilitado" mas ainda com vida, acabando por morrer na unidade hospitalar às 23.15 horas.

A polícia adiantou que existe uma testemunha dos acontecimentos e que os três suspeitos de envolvimento na rixa estão identificados, mas ainda não foram detidos.

O caso passou entretanto para a Polícia Judiciária.

Outras Notícias