Exclusivo

Despedida: tesoureira de escola de Valongo desviou 427 mil euros

Despedida: tesoureira de escola de Valongo desviou 427 mil euros

Funcionária apropriou-se de 267 mil euros do carregamento dos cartões escolares e transferiu quase 170 mil euros para a conta bancária pessoal.

A tesoureira do Agrupamento de Escolas de São Lourenço, em Ermesinde, Valongo, que, como o JN avançou em setembro do ano passado, desviou mais de 427 mil euros das contas do estabelecimento de ensino, durante sete anos, foi despedida. A decisão foi publicada, na sexta-feira, em "Diário da República", depois do Executivo da Câmara Municipal de Valongo ter aprovado, por unanimidade, a proposta de demissão apresentada pela Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC).

Apesar de se ter apropriado de 267 mil euros carregados nos cartões escolares usados por alunos e docentes para compras na papelaria e reprografia e ter transferido mais 160 mil da conta bancária do Agrupamento diretamente para a sua conta pessoal, a funcionária foi sempre classificada com a nota Muito Bom ou Excelente nas avaliações anuais de mérito profissional.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG