PJ

Detida no Algarve alemã que raptou filhos

Detida no Algarve alemã que raptou filhos

A Polícia Judiciária deteve uma cidadã alemã, de 43 anos, que, em agosto, tinha fugido do seu país com os dois filhos, contrariando uma ordem judicial de entrega dos menores ao pai. Ficou em prisão preventiva.

A mulher foi localizada em Lagos, numa habitação ocasional, sem quaisquer condições de habitabilidade. Para evitar ser encontrada, mudava constantemente de residência, levando "uma vida itinerante, sem qualquer fonte de receita", explica PJ.

A senhora, que tem problemas de alcoolismo, e os menores, de cinco e nove anos, viviam em condições precárias e degradantes, sem as mais básicas condições de higiene. Porém, não há indícios que as crianças sofressem de agressões físicas.

PUB

Pai deverá vir buscar crianças em breve

A situação foi comunicada ao tribunal de Família e Menores, no sentido de assegurar os atos jurisdicionais necessários ao cumprimento da ordem de entrega das crianças ao progenitor, emitida pelas autoridades alemãs.

O pai das crianças de cinco e nove anos já foi contactado. Ainda aguarda indicação do tribunal mas deverá vir em breve buscar as crianças que foram institucionalizadas numa instituição de apoio à emergência infantil, apurou o JN,

A detida foi apresentada ao Tribunal da Relação de Évora, a fim de serem apreciados os trâmites legais associados ao processo de extradição para a Alemanha, tendo ficado em prisão preventiva.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG