Covid-19

Detida por desrespeitar confinamento para ir levar tabaco a outro detido

Detida por desrespeitar confinamento para ir levar tabaco a outro detido

Um homem e uma mulher foram detidos pela PSP esta quinta-feira, um por condução sob o efeito do álcool e outro por desobediência, respetivamente.

A PSP de Coimbra deteve, na madrugada desta quinta-feira, uma mulher que desrespeitou, várias vezes, o dever de recolhimento devido à pandemia de Covid-19.

Em comunicado, a PSP começa por explicar que, no decurso de uma ação de fiscalização implementada no âmbito das restrições de circulação de pessoas na via pública, um condutor foi mandado parar, mas não acatou a ordem.

"Foi intercetado na Rua dos Oleiros onde lhe foi feita uma revista de segurança e sujeito ao teste de alcoolemia", onde acusou uma taxa de 1.45 g/l.​​​​​, explica a PSP, que encontrou droga na viatura.

O suspeito, de 46 anos, foi detido e levado para a Esquadra de Trânsito, onde "realizou vários telefonemas durante os quais pedia insistentemente que uma mulher lhe trouxesse tabaco. Depois de várias chamadas a pessoa acedeu e deslocou-se da sua residência com esse fim."

Chegada às instalações policiais, é possível ler ainda na nota da PSP, a mulher de 34 anos foi advertida, uma vez que "o motivo da sua deslocação não incorporava nenhuma das exceções do Decreto n.º 2-B/2020, pelo que foi sensibilizada a regressar a casa ou estaria a incorrer no crime de desobediência."

Apesar das recomendações, a mulher foi encontrada, mais tarde, no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra para onde os agentes se haviam deslocado com o detido para realização de contraprova que o mesmo havia solicitado. "Foi novamente advertida e abandonou o local."

No entanto, voltou a aparecer na Esquadra e, "verificando-se o reiterado desrespeito pelas ordens legitimamente emanadas pela autoridade", foi detida, por volta das 8 horas.

Outras Notícias