Covid-19

Detido comerciante no Porto por violar confinamento obrigatório

Detido comerciante no Porto por violar confinamento obrigatório

Um homem de 48 anos, comerciante e residente no Porto, foi detido pela PSP por desobediência ao dever de confinamento obrigatório no domicílio decretado pela Autoridade de Saúde Pública devido à covid-19.

Em comunicado, o Comando Metropolitano do Porto da PSP esclarece que a detenção aconteceu depois de uma denúncia de que o homem "estaria a caminhar na via pública, em desobediência ao dever de confinamento obrigatório no domicílio, decretado por Autoridade de Saúde Pública".

O detido circulava na quarta-feira, pelas 16.30 horas na Rua do Monte Cativo, no Porto, quando foi detido pelo efetivo da Esquadra de Cedofeita da 1.ª Divisão Policial, acrescenta a PSP.

A PSP apela a que todos cumpram "com as regras de prevenção da propagação da infeção por covid-19" e assegura que vai continuar, diariamente, a realizar ações de fiscalização e aconselhamento sobre a proteção perante a infeção.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG