Vila Nova de Gaia

Detido por transportar no carro 106 quilos de folha de tabaco

Detido por transportar no carro 106 quilos de folha de tabaco

Um vendedor de automóveis foi detido com 106 quilos de folha de tabaco na bagageira e nos bancos de trás da viatura em que circulava numa rua de Vilar de Paraíso, Vila Nova de Gaia.

O homem, de 49 anos, foi detido na sexta-feira, sem oferecer resistência, numa rua de Vilar de Paraíso, concelho de Vila Nova de Gaia, durante uma ação de fiscalização de rotina da Unidade de Ação Fiscal da GNR, através do Destacamento de Ação Fiscal do Porto.

Em comunicado da GNR, informa-se que o produto apreendido tem um valor estimado de 22.230 euros.

O detido é suspeito da prática do crime aduaneiro de introdução fraudulenta no consumo e foi notificado para comparecer no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Vila Nova de Gaia, na próxima segunda-feira.

No passado dia 22 de julho, a GNR anunciou que tinha desmantelado uma fábrica de cigarros artesanais que funcionava numa residência em Mafamude, em Vila Nova de Gaia, aprendendo 1.200 cigarros e 109 quilos de folhas de tabaco, no valor estimado em cerca de 38 mil euros.

Durante essa operação policial da Unidade de Ação Fiscal, foi também detido um homem, de 46 anos, em flagrante delito, por suspeita da prática do crime aduaneiro (alfandegário).

A origem das folhas de tabaco não é conhecida, adiantou à Lusa fonte das relações públicas da GNR.

Com o novo imposto sobre o tabaco, um maço que custava 4,52 euros passou a custar 4,59 euros. Sem impostos, o mesmo maço custaria 1,63 euros, ou seja cerca de 80% do valor do maço de tabaco vai para impostos.