Investigação

Detido suspeito de duas tentativas de homicídio em Lisboa e Odivelas

Detido suspeito de duas tentativas de homicídio em Lisboa e Odivelas

A PSP anunciou a detenção de um homem suspeito de dois crimes de homicídio na forma tentada que ocorreram na terça-feira, um em Lisboa e outro em Odivelas, indicando que o detido foi sujeito a prisão preventiva.

Após os "dois violentos episódios de agressões com arma branca", as duas vítimas dos crimes de homicídio na forma tentada "receberam tratamento hospitalar, onde após internamento e cuidados médicos tiveram as respetivas altas, já fora de perigo", avançou o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP.

O primeiro crime ocorreu na terça-feira, pelas 16.30 horas, no interior de uma residência na baixa de Lisboa, em que "o suspeito, com recurso a uma faca de cozinha de grandes dimensões, terá desferido golpes no pescoço, na face e corpo da vítima" e fugiu para parte incerta, adiantou a polícia.

Nesse mesmo dia, pelas 17 horas, num restaurante em Caneças, concelho de Odivelas, distrito de Lisboa, "o mesmo suspeito, novamente sem aparente motivo, com recurso de novo a uma faca de grandes dimensões desferiu violentos golpes na face e por todo o corpo do ofendido, proprietário do restaurante", informou a PSP.

Dois dias após os crimes, na quinta-feira, pelas 21.35 horas, o suspeito dos dois homicídios, um homem de 42 anos, foi detido na freguesia de Santa Maria Maior, em Lisboa, "depois de esforços investigatórios que permitiram chegar à identificação e localização do suspeito".

Presente na sexta-feira no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa, o detido ficou sujeito à medida de coação mais gravosa, a prisão preventiva, revelou o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP.

Detenção por arma proibida

PUB

Em comunicado, a PSP destacou ainda a detenção de dois homens "por posse e uso de arma de fogo", na quinta-feira, pelas 3.45 horas, na freguesia da Encosta do Sol - Casal da Mira, na Amadora, distrito de Lisboa, que foram detidos após "comunicação de que vários indivíduos munidos de uma arma de fogo estariam a efetuar disparos na Avenida Raul Rego".

Neste âmbito, os dois homens são suspeitos do crime de detenção de arma proibida, uma vez que foram "intercetados com uma arma de fogo calibre de nove milímetros", acompanhada por dois carregadores e 20 munições do mesmo calibre, assim como um bastão de basebol na bagageira do carro que utilizavam.

"Dada a perigosidade da ocorrência e sendo no interior de uma zona urbana sensível foram para o local os meios considerados adequados, enquanto o Centro de Comando e Controlo de Videoproteção da Amadora monitorizava toda a situação em tempo real", explicou o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, acrescentando que, quando a polícia se preparava para entrar no bairro, os suspeitos ainda tentaram fugir de automóvel, mas foram imobilizados.

Considerando os "contornos da ocorrência", os polícias fizeram "recurso passivo à arma de fogo", procedendo à detenção dos dois homens suspeitos e identificando ainda duas mulheres no interior do carro, comunicou a PSP.

Os dois suspeitos continuam detidos, sob custódia da PSP por ordem de autoridade judiciária, que aguarda a perícia do Núcleo de Armas e Explosivos às armas encontradas na sua posse para que possa fundamentar a sua decisão e determinar as medidas de coação aplicáveis.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG