Algarve

Detido suspeito de roubar arte sacra no valor de 30 mil euros de igreja em Silves

Detido suspeito de roubar arte sacra no valor de 30 mil euros de igreja em Silves

Um homem foi detido por suspeitas de furto de arte sacra da igreja de São Marcos da Serra, em Silves, no Algarve. A Polícia Judiciária (PJ) conseguiu recuperar parte dos objetos avaliados em cerca de 30 mil euros.

O furto foi descoberto no feriado, dia 10 de abril, e terá ocorrido durante a madrugada. Segundo fonte da PJ, o suspeito entrou na igreja "por arrombamento" e furtou várias peças de uso na celebração litúrgica. A investigação, a cargo da PJ de Portimão, permitiu deter de um suspeito e "a recuperação de uma parte daquilo que foi das peças furtadas".

Tal como o JN noticiou na altura, foram levados vários objetos em cobre e prata. Segundo o padre Miguel Neto, da Diocese do Algarve, "desapareceram cálices, patenas, brincos e uma coroa e o sacrário foi profanado".

A entrada foi feita através de uma janela da Casa Mortuária. Depois, foi arrombada a porta interior que dá acesso à igreja, que se encontrava fechada. "Foi uma paroquiana que se apercebeu e alertou o padre por volta das 17 horas", acrescentou o porta-voz da Diocese.

O detido, de 45 anos e sem profissão conhecida, é suspeito de furto qualificado e vai ser presente a tribunal para aplicação das medidas de coação.

Outras Notícias