PJ

Detidos 12 suspeitos de tráfico de armas no Norte

Detidos 12 suspeitos de tráfico de armas no Norte

A Polícia Judiciária deteve no Norte do país 12 suspeitos de tráfico e mediação de armas, tendo realizado 28 buscas, 25 das quais domiciliárias, confiscado dezenas de armas de fogo proibidas e milhares de munições.

Nesta megaoperação, foram apreendidas dezenas de armas proibidas de diversos calibres e géneros, onde se incluem pistolas, revólveres, carabinas, caçadeiras, facas, soqueiras. Foram ainda encontrados milhares de munições, detonadores pirotécnicos e quantias em numerário, nas 28 buscas, sendo 25 domiciliárias, duas em estabelecimentos e uma numa instituição bancária, nas zonas de Braga, Amares, Póvoa do Lanhoso, Felgueiras, Fafe, Santo Tirso, Póvoa de Varzim e Vila do Conde.

Nestas diligências, da Diretoria do Norte e do Departamento de Investigação Criminal da PJ de Vila Real, estiveram envolvidos cerca de 100 elementos da Polícia Judiciária, tendo sido detidos 12 suspeitos da prática daqueles crimes, de tráfico e mediação de armas e de posse ilegal de armas.

Segundo a PJ, "pelo menos desde fevereiro de 2020 e essencialmente na zona Norte, os ora detidos promoveram e mediaram transações e cedências de armas de fogo e munições, como forma de obter ganhos económicos".

"Os detidos, todos homens, com idades entre os 30 e os 75 anos, um deles com antecedentes criminais por crimes de idêntica natureza, bem como por crimes contra a propriedade e integridade física, vão ser presentes a Tribunal para aplicação de medidas de coação", esclarece a Direção Nacional da Polícia Judiciária.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG