Galiza

Portugueses detidos por ameaça a funcionários de discoteca em Vigo

Portugueses detidos por ameaça a funcionários de discoteca em Vigo

Quatro jovens do Porto, com idades entre os 20 e os 24 anos, foram detidos na passada madrugada por ameaçar com navalhas funcionários de uma discoteca de Vigo, na Galiza.

Segundo um comunicado da Policia Nacional de Vigo, a detenção ocorreu após um alerta dado por uma patrulha, cerca das 4.25 horas, a dar conta de "tumultos" numa discoteca situada na rua Areal naquela cidade. À chegada ao local, a polícia deparou-se "com cinco pessoas a vociferar e a agredir, golpeando com as mãos, outro grupo que tentava refugiar-se na entrada" do estabelecimento de diversão noturna.

Dada a violência da situação, foram pedidos reforços enquanto os agentes presentes no local tentavam acalmar os ânimos. "Depois de controlado o tumulto, foram identificados os envolvidos, e dado que foi mencionado que alguns dos presentes eram portadores de armas brancas foram revistados", informa a Polícia Nacional espanhola, referindo que acabaram por ser apreendidas navalhas a dois dos detidos.

O pessoal da referida discoteca e testemunhas presentes, informa a mesma nota de imprensa, "manifestaram que os detidos agrediram a um dos elementos da segurança da discoteca e proferiram ameaças de morte".

Ao serem detidos um dos portugueses, mostrou-se agressivo e não colaborante com a polícia e resistiu à detenção, pelo que acabou "imobilizado no chão". Segundo a Policia Nacional espanhola tanto os agressores como os agredidos foram assistidos em unidades de saúde locais.

Os detidos foram levados para instalações da polícia de Vigo a fim de serem ouvidos por um juiz. Nenhum dos portugueses possui antecedentes criminais.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG