Violência juvenil

Adolescente morto em guerra de gangues. PJ deteve quatro suspeitos

Adolescente morto em guerra de gangues. PJ deteve quatro suspeitos

A Polícia Judiciária deteve quatro elementos de um gangue juvenil de Lisboa pelo homicídio, a tiro, de Isaac Oliveira, 16 anos, em Camarate, em fevereiro. Os quatro suspeitos do crime, cometido em fevereiro, têm entre 17 e 26 anos e planearam durante uma semana o ataque furtivo à vítima, através de um carro em movimento. Agressores e vítima pertencem a gangues rivais da cidade de Lisboa e já tinham ocorrido entre estes outros episódios de violência.

Na semana anterior ao homicídio, que ocorreu a 19 de fevereiro, os dois grupos encontraram-se e lutaram entre si. Foi a partir deste momento que os suspeitos planearam a morte de Isaac. A Polícia Judiciária de Lisboa encontrou mensagens trocadas entre estes suspeitos com o propósito de adquirir uma arma de fogo para a emboscada que tinham em mente.

PUB

Além da arma, os suspeitos adquiriram um carro e, na noite em questão, cumpriram o plano. Apanharam Isaac Oliveira na via pública, e dispararam, atingindo a vítima, que não resistiu aos ferimentos e faleceu. Os suspeitos fugiram de imediato.

A investigação da Polícia Judiciária de Lisboa permitiu descortinar as motivações do crime, um ajuste de contas entre os dois gangues juvenis da cidade de Lisboa.

Os quatro detidos foram levados para a zona prisional da Polícia Judiciária e são presentes a um juiz, esta quinta-feira, para aplicação de medidas de coação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG