Crime

Detidos três carteiristas suspeitos de dezenas de furtos em Lisboa

Detidos três carteiristas suspeitos de dezenas de furtos em Lisboa

As autoridades detiveram três pessoas suspeitas da autoria de quinze furtos ocorridos na região de Lisboa, num valor estimado de 10 mil euros, divulgou esta sexta-feira o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP (Cometlis).

Em comunicado, o Cometlis refere que os detidos são duas irmãs, de 53 e 54 anos, que ficaram em prisão preventiva, e um homem, de 63 anos, que agiu em coautoria.

"Os suspeitos vinham desde meados do ano transato a dedicar-se ao furto de carteiras e posterior utilização dos cartões bancários das vítimas, maioritariamente do sexo feminino e de idade avançada, desapropriando-as de todo o dinheiro em depósito, sendo o seu espaço de ação toda a área da grande Lisboa, havendo registos de ocorrências em vários concelhos limítrofes", adianta a PSP.

A detenção das duas mulheres ocorreu na segunda-feira, em flagrante delito, após terem furtado 250 euros a uma idosa, de 77 anos, numa superfície comercial do Cacém, no concelho de Sintra.

O terceiro elemento do grupo viria a ser detido posteriormente, na sequência do cumprimento de um mandado de detenção.

"Estes três detidos, já com vasto curriculum criminal de crimes de igual natureza estão diretamente relacionados com 15 furtos cujo proveito vem avaliado em cerca de 10 mil euros", refere ainda a PSP.

Presentes a tribunal, as duas irmãs ficaram sujeitas à medida de coação de prisão preventiva enquanto o homem terá de cumprir com apresentações semanais às autoridades.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG