Justiça

Dez revelações de Pedro Dias

Dez revelações de Pedro Dias

Pedro Dias, conhecido como "Piloto", entregou-se esta terça-feira às autoridades. A detenção foi acompanhada por uma jornalista da RTP, a quem o suspeito dos crimes concedeu uma entrevista.

1. Dormiu em casas abandonadas.

2. Esteve entre fogo cruzado, em particular quando atravessou "o Douro a nado".

3. Só tinha no bolso 60 euros e foi com esse dinheiro que diz ter sobrevivido.

4. Diz que "nunca cometeu nenhum crime" durante esta fuga e nega ter roubado qualquer carro. Quanto à carrinha Astra cinzenta, diz que alguém lha emprestou.

5. A única coisa que roubou foi "meio frango em casa de um amigo", mas diz que o amigo sabia que ele "tinha levado o frango".

6. Quanto ao alegado dinheiro depositado pelos pais, 30 mil euros, diz que nunca teve acesso a nenhum dinheiro além dos 60 euros e se os pais fizeram algum movimento não foi para ele. "Os pais nunca o ajudaram".

PUB

7. Diz que andou na zona, num raio de 200 km, mas que nunca deixou o país. Nega qualquer saída do espaço português.

8. Diz que chegou a estar ao lado de pessoas e ouvia as suas conversas sobre si mesmo, mas nunca o reconheceram.

9. Quanto aos homicídios diz Pedro Dias: "Nunca matei ninguém" e diz ter provas do que está a afirmar. Está preparado para provar tudo em tribunal. Não percebe como isto aconteceu.

10. Pedro Dias diz "estar aliviado" por se entregar. "Vou conseguir provar a minha inocência. Fiquei magoado com tudo isto. Eu não cometi nenhum homicídio. Não vivemos num estado de direito".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG