Figueiró dos Vinhos

PJ detém motorista que atraiu vizinho a eucaliptal para o matar pelas costas

PJ detém motorista que atraiu vizinho a eucaliptal para o matar pelas costas

Um motorista de autocarros da Câmara de Figueiró dos Vinhos, com 51 anos, foi detido por suspeita de ter matado um vizinho, de 54, e escondido o seu corpo num terreno florestal, cobrindo-o com ramos de eucaliptos, informou esta sexta-feira a Diretoria do Centro da Polícia Judiciária.

O crime ocorreu em 31 de março, na Aldeia da Cruz, Figueiró dos Vinhos, e o suspeito foi detido na última terça-feira, 6 de julho, ao abrigo de um mandado do Ministério Público de Leiria. Já ontem, quinta-feira, um juiz de instrução interrogou e prendeu preventivamente o suspeito, motorista que é casado e não tem antecedentes criminais.

Além de homicídio qualificado, o arguido está indiciado de crimes de profanação de cadáver e detenção de arma proibida.

As autoridades ainda não conseguiram apurar os motivos do homicídio, admite a Judiciária em comunicado. Mas apuraram que o mesmo terá sido premeditado. A vítima, que vivia sozinho e trabalhava na agricultura, nomeadamente por conta de vizinhos, foi atraída para uma zona de floresta. E, aqui, munido de uma pistola de calibre 6.35 mm, para a qual não tinha licença de uso e porte, o suspeito "terá disparado três tiros, pelas costas, que a atingiram na zona da cabeça e das costas", conta a PJ, acrescentando que o atirador, "apercebendo-se de que a vítima ainda evidenciava alguns sinais de vida, terá golpeado a vítima, na zona da cabeça, provocando-lhe a morte".

A seguir, o suspeito "arrastou o cadáver para o interior da floresta e cobriu-o com vegetação, para o ocultar".

O corpo e o trator da vítima seriam encontrados dois dias depois do homicídio.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG