Extorsão

Dizia que comida tinha vidros e exigia dinheiro a restaurantes

Dizia que comida tinha vidros e exigia dinheiro a restaurantes

Um homem de 39 anos foi detido pela PSP de Lisboa por suspeita de extorsão a donos de restaurantes. Terá lucrado vários milhares de euros com esquema usado pelo menos 20 vezes.

Ia a restaurantes e, depois de consumir as refeições, queixava-se de que os alimentos tinham vidros no interior. Alegando que ia ter elevadas despesas de saúde, ameaçava a integridade física de funcionários e proprietários e exigia-lhes dinheiro.

O homem, de 39 anos, terá usado o mesmo "modus operandi" em cerca de 20 ocasiões, preferencialmente nas zonas de Lisboa, Sintra e Amadora. Numa das vezes, chegou mesmo a ameaçar com uma arma de fogo o dono de um restaurante para que este lhe entregasse dinheiro.

Após vários meses de investigação, no dia 12 de maio a Divisão de Investigação Criminal da PSP deteve o suspeito.

"No total, o detido obteve lucros de vários milhares de euros com este esquema ilícito, fazendo dele a sua única fonte de rendimentos", revela a PSP em comunicado.

O detido já com antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crime, e já com condenações passadas em penas de prisão, será apresentado esta quinta-feira a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa para aplicação das medidas de coação.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG