Violência

Dois portugueses esfaqueados por inglês em Beja

Dois portugueses esfaqueados por inglês em Beja

Um cidadão britânico, de 29 anos, foi detido no sábado, pelas 22 horas, em Trindade, no concelho de Beja, por ofensas contra a integridade física, após esfaquear dois portugueses.

As agressões tiveram origem num "acerto de contas" de uma ocorrência do passado dia 30 de setembro, em que o cão do inglês atacou as ovelhas de uma das vítimas, que é pastor. Na sequência da queixa e da intervenção da GNR, a ação viria a culminar na detenção do inglês por desobediência e coação sobre um dos militares.

No sábado, o britânico, que reside no lugar de Cantinho da Ribeira, freguesia de Trindade, encontrou o pastor junto ao café-restaurante Riba-Terges e começaram a discutir, tendo o inglês ameaçado o pastor com uma arma branca. Um amigo intrometeu-se entre os dois homens e foi esfaqueado, tendo pastor e agressor irrompido pelo restaurante dentro, onde viria a ocorrer o segundo esfaqueamento.

Os dois esfaqueados são um homem de 50 anos, residente em Albernoa (pastor), e outro de 62 anos, residente em Trindade, que foi em socorro daquele e acabou por ser o primeiro esfaqueado. Os dois homens foram transportados para o Hospital de Beja, onde se encontram internados, em estado considerado estável, não correndo risco de vida.

O agressor fugiu do local, mas viria a ser detetado por populares, que depois esperando pela GNR a informaram onde o mesmo estava acantonado. Uma testemunha, que pediu o anonimato, contou ao JN que "o primeiro militar a chegar foi um oficial, com uns dois metros de altura, que envergava colete à prova de bala e prendeu o tipo". "Depois chegou uma patrulha", acrescentou.

Segundo apurou o JN, o indivíduo foi detido e encontra-se sob custódia da GNR e vai ser amanhã presente a juiz no tribunal de Beja para primeiro interrogatório. Pode vir a ser acusado de dois crimes de tentativa de homicídio na forma tentada e decretada a prisão preventiva.

Outras Notícias