Atualização

Dois tiros nas costas. Homem morto no Seixal estava em liberdade condicional

Dois tiros nas costas. Homem morto no Seixal estava em liberdade condicional

Um homem de ascendência cabo-verdiana, com 35 anos, morreu baleado esta madrugada de terça-feira, no Seixal. A vítima, que residia na Amadora, foi atingida com dois tiros nas costas.

O homicídio ocorreu perto da meia-noite no bairro da Quinta da Princesa. A vítima encontrava-se na via pública, na rua Cidade de Maputo, quando foi atingida mortalmente com dois tiros nas costas.

PUB

O atirador seguia num carro que depois arrancou a alta velocidade. As circunstâncias do crime estão a ser investigadas pela Polícia Judiciária de Setúbal.

Ao que o JN apurou, a vítima, identificada como Euclides Rocha, residia na Amadora e mudou-se recentemente para o Seixal. Esteve preso durante onze anos, entre 2010 e final de 2020, por crimes de roubo, tráfico de droga e tentativas de homicídio, todos cometidos na zona da Grande Lisboa. Atualmente estava em liberdade condicional.

Durante a noite, a PSP teve de reforçar os meios no local, com elementos do Corpo de Intervenção, para afastar a população que se juntou na zona onde ocorreu o crime. Este reforço serviu também para proteger a zona do crime, facilitando a investigação pela PJ, e decorreu sem qualquer incidente.

Ao local acorreram os bombeiros do Seixal com cinco viaturas e 16 operacionais, bem como a viatura médica de emergência e reanimação do Hospital Garcia de Orta. O óbito foi declarado no local e o corpo foi transportado para a morgue daquele hospital.

As circunstâncias do crime estão a ser investigadas pela Polícia Judiciária de Setúbal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG